Assaltante do Parque dos Falcões morre em tiroteio com a polícia no Rio de Janeiro

Dedé reagiu à voz de prisão atirando contra os policiais, o qual foi atingido após troca de tiros.


 27/02/2018 às 12h:49min
Assaltante do Parque dos Falcões morre em tiroteio com a polícia no Rio de Janeiro

Após inúmeras investidas policiais, policiais civis do Complexo de Operacoes Policiais Especiais (Cope) e Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol) compartilharam informações e a Polícia Militar do Rio de Janeiro localizou Valdeilson Luiz dos Santos, o "Dedé", 36 anos (foto ao lado).

A incursão ocorreu no município de Macaé e Dedé reagiu à voz de prisão atirando contra os policiais, o qual foi atingido após troca de tiros. Ele foi encaminhado ao hospital local, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Com ele foram apreendidas: uma arma de fogo, drogas e touca ninja. O outro indivíduo foi identificado por Wellington Santos Vieira, o "Satanás", o qual conseguiu fugir da ação policial.

 

Crimes

A dupla é responsável por diversos crimes no Estado de Sergipe. No dia 22 de outubro de 2017, Dedé deflagrou diversos tiros contra o fórum da cidade de Areia Branca. Em 12 de novembro, invadiu e roubou com violência visitantes dos Parque dos Falcões, no município de Itabaiana, matando inclusive diversas aves raras. Já em 28 de dezembro de 2017, Dedé, Satanás e outros 2 comparsas assassinaram, em Areia Branca, o capitão reformado da Polícia Militar Nunes. No crime, eles levaram ainda a arma de fogo do militar. Dentre esses crimes, a dupla cometeu diversos roubos a veículos e estabelecimentos comerciais. A polícia sergipana vinha fazendo diversas incursões no sentido de capturá-los o que resultou na fuga da dupla pra o Estado do Rio de Janeiro.


Da redação.
.

Relacionadas