Governo discute ações de segurança para o Parque dos Falcões

Governador visitou a entidade acompanhado do comandante da Polícia Militar do Estado de Sergipe, coronel Marcony Cabral


 27/11/2017 às 11h:09min
Governo discute ações de segurança para o Parque dos Falcões

O governador Jackson Barreto esteve em Itabaiana na última sexta-feira, 24, em visita ao Parque dos Falcões. A intenção da viagem foi a de conversar com a equipe da entidade e com a comunidade do entorno sobre novas medidas de segurança, ouvindo suas reivindicações e discutindo as melhores estratégias de combate à criminalidade na região. Para tanto, o governador esteve acompanhado do comandante da Polícia Militar do Estado de Sergipe, coronel Marcony Cabral, e do comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar, major Sidney Barbosa.

A visita teve o objetivo, ainda, de manifestar a solidariedade do Governo de Sergipe ao fundador do Parque, José Percílio Mendonça Costa, após o episódio de invasão e assalto sofrido no último dia 12 de novembro. Nesse sentido, os esforços da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e da Polícia Militar garantiram a rápida identificação dos criminosos e a mobilização em torno de sua captura e apreensão.

Na oportunidade, Jackson assegurou a Percílio e a toda a comunidade que o governo já está articulado para definir medidas de proteção ao local. “Viemos aqui não apenas para mostrar solidariedade a Percílio, mas para dizer que estamos buscando uma participação mais efetiva do ponto de vista da segurança no Parque dos Falcões. Aqui foram apresentadas várias sugestões pela OAB de Itabaiana, pelos moradores da vizinhança, e o comandante da Polícia Militar está analisando todas elas. É bom que se diga de forma objetiva que uma decisão irá ser tomada pelo comandante no sentido de proteger não só o Parque, mas toda a comunidade da região”, disse.

No decorrer da visita, Percílio Mendonça guiou o governador e seus acompanhantes pelas instalações da entidade, mostrando as aves e apresentando suas peculiaridades. O fundador do Parque salientou a importância do trabalho ali desenvolvido para Sergipe e para o Brasil. “Se eu não acolher essas aves, elas são sacrificadas. Nós recebemos aves do Brasil todo, mas o alimento e o cuidado somos nós mesmos quem damos. As aves que nascem em cativeiro podem ser do Parque, mas a maioria é da Nação”, registrou.

O comandante Marcony Cabral reafirmou que as forças de segurança do Estado enstão empenhadas em proteger o Parque dos Falcões e suas proximidades. “Este é um ambiente de preservação que precisa ser protegido. As pessoas que trabalham aqui estão sempre divulgando o nome do Estado de Sergipe além fronteiras. Então, várias sugestões foram dadas. Já estamos aqui com o Pelotão Ambiental e com o Batalhão de Itabaiana, e vamos ampliar isso para que as pessoas possam cada vez mais vir visitar o Parque dos Falcões e se sentir seguras nesse local”, reforçou.

Informações via SSP


Da redação.
Atualizado: 28/11/2017 às 08h:56
.

Relacionadas